Como podemos ajudar você?

Quase 100 mil vagas perdidas na estrada da reoneração

Empresas de tecnologia lançaram no final da última semana, no dia 7 de abril, uma frente cujo objetivo é convencer o governo federal a incluir o setor de TI no grupo que ficará de fora da reoneração da folha de pagamentos.

Entre os defensores da ideia de que 83 mil postos de trabalho podem ser perdidos em um período de 3 anos, com o modelo de tributação, estão a Brasscom (Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação), além das maiores empresas do setor – Stefanini, TOTVS, BRQ e Resource.

Sergio Paulo Gallino, presidente da Brasscom, avaliou que além da redução do número de postos de trabalho, a reoneração representará um retrocesso no patamar de empregos equivalente a uma década, afirmando que a medida no setor de TI não é um bom negócio para o país.

Quanto ao modelo de tributação, o setor apresentou números indicando que a substituição da contribuição previdenciária de 20% sobre a folha por percentual da receita bruta não apenas impactou de forma positiva a arrecadação total para o governo, como também garantiu a criação de mais empregos formais nas empresas do segmento.

De acordo com os cálculos da Brasscom, a tributação pelo modelo alternativo garantiu a criação de 95 mil novos postos de trabalho no período entre 2012 e 2015, aumentando R$ 4,1 bilhões no valor arrecadado com impostos pelo setor de TI.

Vale lembrar que ficaram de fora do pacote da reoneração da folha apenas os setores:

  • Transporte rodoviário coletivo de passageiros;
  • Transporte metroviário e ferroviário de passageiros;
  • Construção civil e obras de infraestrutura;
  • Comunicação, rádio e TV, prestação de serviços de informação, edição e edição integrada à impressão.

 

Saiba mais em: https://glo.bo/2op7rTd

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these <abbr title="HyperText Markup Language">html</abbr> tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.