Como podemos ajudar você?

XaaS: Tendência para governos

‘Tudo’ como serviço

Governos em seus diferentes níveis de atuação detém um volume gigantesco de informações sobre o ambiente em que está inserida a sociedade, tanto no âmbito dos dados pessoais quanto nos registros sobre fatos, que podem ser convertidos em inteligência para compreender a evolução e pontos de possíveis melhorias para a gestão pública.

O modelo XaaS surge como uma das tendências a serem utilizadas por governos interessados em oferecer transparência, comodidade e eficiência na prestação de serviços ao cidadão.

No cenário da pandemia que começamos a enfrentar há pouco mais de um ano, a necessidade de digitalização de serviços atingiu níveis críticos, forçando a modernização nos mais diversos segmentos, desde restaurantes que precisaram fechar as portas, empresas que não podiam contar com seus profissionais nos escritórios físicos, e até mesmo a educação tradicional, que precisou reagir ao isolamento social e o impedimento da circulação dos estudantes.

O conceito do modelo XaaS (Anything as a service) consiste na entrega de serviços através da Internet ao invés de fornecidos in loco, e uma das formas mais difundidas hoje ao público amplo é o SaaS (Software as a service), que consiste na hospedagem de um software que pode ser acessado a partir de qualquer lugar, uma aplicação impulsionada principalmente pela computação em nuvem e pela popularização das conexões mais velozes.

À medida que os serviços online se tornam cada vez mais populares, e até mesmo usuários domésticos já armazenam documentos na nuvem e rodam aplicações como o Microsoft Office sem a necessidade de instalar softwares localmente, instituições também passam a investir no armazenamento de dados, sistemas de gestão, processamento e aplicações online.

Os investimentos no modelo XaaS multiplicam o potencial de operações que podem rapidamente alocar recursos e atender a uma demanda muito maior, sem a preocupação com os custos de infraestrutura e licenciamento, por exemplo. A utilização de serviços por demanda baseados na nuvem promove flexibilidade, para que operações sejam redimensionadas sempre que necessário, e liberdade para uma atuação 100% voltada ao core business.

Gestores da Informação do governo estão ampliando a adesão ao modelo ‘as a service’ como uma alternativa ao tradicional modelo de modernização dependente de grandes investimentos. Segundo a pesquisa Gartner CIO 2021, 56% dos órgãos governamentais esperam ampliar seus investimentos em soluções e serviços em nuvem no próximo ano fiscal.

Os gestores precisam assumir urgentemente o desafio de gerenciar a mudança rumo ao modelo XaaS em aplicações e infraestrutura, reconsiderando seu modelo vigente de TI, já que o novo modelo transforma não só as finanças como as ferramentas e apresentando grande potencial de influenciar o desempenho de forma positiva.

Confira três recomendações para Gestores da Informação de governos:

  1. Identifique serviços que se destaquem como bons candidatos a modernização através do modelo XaaS, priorizando de acordo com as necessidades dos envolvidos, a urgência organizacional para recursos digitais específicos, capacidade de TI e conjuntos de habilidades.
  2. Desenvolva SLAs para o desempenho de serviços internos e contratados, monitorando e articulando proativamente as métricas de desempenho para ajudar os envolvidos a entender o valor do negócio que está sendo alcançado via serviços de TI, independentemente do modelo de entrega.
  3. Avalie o conjunto de habilidades e lacunas de competência para gerenciar os investimentos em TI do XaaS, criando um plano de desenvolvimento e aumento da força de trabalho que redirecione os recursos para os novos conjuntos de habilidades exigidas pela tecnologia de serviços em nuvem.

A Dstec oferece suporte e consultoria com especialistas para realizar o processo de digitalização de prefeituras e órgãos públicos, orientando gestores e profissionais na adoção de medidas para tornar processos mais eficientes através da tecnologia. Entre em contato e solicite atendimento.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these <abbr title="HyperText Markup Language">html</abbr> tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.